Sagaranagens de Artur Rimbaud o Traficante de Escravas Brancas


14/06/2006


thaís, thiago, rodrigo trio que vale ouro

 

lavra palavra

 

a lavra da palavra quero

quando for pluma

mesmo sendo espora

felicidade uma palavra

quando a lavra explora

se é saudade dói

mas não demora

e sendo fauna

linda como a  flora

lua luanda

vem não vá embora

se for poema

fogo do desejo

quando for beijo

que seja como agora

 

artur gomes

http://arturgomes.zip.net

http://sagaranagens.zip.net

http://tropicanalice.zip.net

 

Escrito por artur rimbaud às 13h51
[ ] [ envie esta mensagem ]

dani broseghini

curimatã curumim

 

curimatã cunhã de sete flechas

comeu curumim pela boca

dentro da mata dentro

 

do rio da sua aldeia

 

e quando foi lua cheia

mergulhou em outro rio

engravidou em outro mar

 

artur gomes fulinaíma

http://arturgomes.zip.net

http://tropicanalice.zip.net

http://carnavalha.zip.net

 

 

Escrito por artur rimbaud às 12h09
[ ] [ envie esta mensagem ]

13 de junho

 

nenhum ciúme cabe aqui

ouro de tolo

se a fruta é fresca

como chupo chupo e como

 

cariacica não sei por onde fica

mas sei do espírito santo

entranhado em meu estômago

 

artur gomes

http://arturgomes.zip.net

http://caranavalha.zip.net

http://tropicanaliace.zip.net

 

Escrito por artur rimbaud às 12h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

13/06/2006


Ana Paula Agrello

cores: nomes

 

a quantas anda meu coração não sei

só sei que existem nomes

por quem estou apaixonado

e outros por quem ainda

não me apaixonei

 

artur gomes

http://tropicanalice.zip.net

 

Escrito por artur rimbaud às 09h33
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web: